O aproveitamento de área do Castanhão se dará em regime de concessão para a instalação e operação de sistemas de geração de energia elétrica fotovoltaica

Principal açude de Acopiara sangra depois de nove anos e abastecimento da cidade está normalizado

29/04/2020

Uma boa notícia, em meio à pandemia da Covid-19, para os cearenses. Depois de nove anos sem receber recarga suficiente, a barragem Dr. Tibúrcio Valeriano Soares Diniz (antiga Quincoê), em Acopiara, está sangrando, desde o último sábado (25). O manancial é a principal fonte de captação da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) para o abastecimento do município. Com as últimas recargas deste manancial, a unidade de negócio da companhia que atende municípios da região conseguiu aumentar a oferta de água e regularizar o abastecimento na cidade de Acopiara, beneficiando um total de 21.650 pessoas.

Acopiara estava sendo atendida em sistema de rodízio, onde os imóveis tinham um intervalo de três a quatro dias sem abastecimento. Hoje, de acordo com o gerente da unidade da Cagece na região, Ronaldo Feitosa, o abastecimento de água está normalizado e garantido até 2021, visto que o açude Raimundo de Morais, que complementa o abastecimento, também está cheio. Com isso, a oferta de água foi elevada em 30%, no município.

Ronaldo destaca que o mais importante é a continuidade do abastecimento, “pois deixamos de ter paradas por vazamentos na adutora que trazia a água do açude Trussu para abastecer a cidade,. Esses dois açudes que abastecem a cidade atualmente oferecem melhores condições de operação, além de estarem localizados no próprio município”, disse.