O aproveitamento de área do Castanhão se dará em regime de concessão para a instalação e operação de sistemas de geração de energia elétrica fotovoltaica

Esperança: profetas da chuva indicam quadra chuvosa acima da média em 2020

15/01/2020

O prognóstico dos que leem as previsões das chuvas por meio da observação da natureza indica uma boa quadra chuvosa para 2020. A expectativa de quase todos os 22 profetas presentes no XXIV encontro realizado no último sábado (11), em Quixadá, é de chuvas abundantes, bem distribuídas e precipitações até julho ou agosto.

Dentre as experiências realizadas pelos profetas para as constatações, observação dos animais, do vento e experimentos com plantas e pedras de sal. Segundo Antônio José Viana, profeta há quase 20 anos, a natureza indica que a quadra chuvosa deve perdurar boa pelos próximos seis meses: “A natureza foi favorável a muita chuva até julho e eu observei isso pela floração da Aroeira. Graças a Deus vai ser um ano de muita chuva e muita ventania”, afirma. Assim com ele, mais da metade dos profetas presentes concordam que as chuvas desse serão melhores que as de 2018, consideradas dentro da média histórica para o período.

Além das indicações de chuva e apresentações de violeiros, o encontro dos profetas da chuva elege todos os anos profissionais do universo hídrico para homenagear. Nesta edição, dois diretores da Cagece foram homenageados pelo evento, a diretora de Mercado, Cláudia Caixeta e o diretor de Unidade de Negócios do Interior, Hélder Cortez, sendo este último surpreendido pela homenagem que não estava na programação oficial do evento.

Ocupando a posição de primeira mulher a receber a homenagem do evento, Cláudia Caixeta comemora e reforça a importância do profetas da chuva para o estado: “Esse encontro representa um resgate da cultura para o Ceará, a valorização da sabedoria popular. Os profetas têm muito a ensinar. São pessoas extremamente curiosas e esse conhecimento que foi passado de pai pra filho, vem ao longo desses anos confirmando que as observações que eles fazem da natureza são consistentes. Para mim, receber essa homenagem é motivo de muito orgulho”, afirma.

Já o diretor Hélder Cortez, idealizador do evento, homenageado em caráter de surpresa, comemora também a dimensão que o evento ganhou na cultura do Ceará: “ O evento tem sucesso comprovado quando pensamos na dimensão que ele ganhou no estado. Vários pesquisadores e os mais diversos tipos de profissionais tem se interessado pelos frutos das pesquisas dos profetas. O material já possibilitou a produção de peças teatrais, filmes, livros, documentários, mestrados e até doutorados.

Promovido pelo Instituto de Pesquisa de Violas e Poesia Cultural Popular do Sertão Central, o evento homenageia também outros profissionais do cenário de segurança hídrica do Ceará. Dentre eles, Francisco de Assis Diniz, secretário Estadual do Desenvolvimento Agrário (SDA), Guilherme Landim, deputado Estadual e Yuri Castro de Oliveira, superintendente de Obras Hidráulicas (Sohidra).