Pesquisa e Desenvolvimento

A Cagece possui uma Gerência de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (Geped) voltada exclusivamente para o desenvolvimento e a aplicação de soluções inovadoras e sustentáveis.

As pesquisas e soluções desenvolvidas são pensadas tanto para os processos de tratamento de água e esgoto, como também para a utilização, criação e prospecção de novas tecnologias, nacionais e internacionais. Criada em 2009, o objetivo da Gerência é criar e aprimorar a utilização de tecnologias nos produtos e serviços prestados pela empresa.

Atua por meio de um corpo técnico próprio e aposta em parcerias com outras instituições que também trabalham com pesquisa e tecnologia. Dentre os parceiros destacam-se: a Universidade Federal do Ceará (UFC), o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE), a Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Universidade Federal de Rio de Janeiro (UFRJ). Para viabilizar financeiramente os projetos, a Gerência possui um orçamento próprio, que tem sido complementado com recursos externos captados junto a agências de fomento e outras instituições de apoio como o CNPq, a ANA e o BNDES.

Atualmente, a GEPED possui cinco projetos permanentes em andamento, com destaque para o que pesquisa a utilização de membranas (ultrafiltração e osmose reversa) no tratamento de água e pós-tratamento de efluentes de esgoto. Este projeto encontra-se em fase de estudo. Outra pesquisa relevante para a companhia é a simulação de situações reais dos processos de tratamento de água e de esgoto.

Há ainda um projeto considerado estratégico para a Cagece: a planta de dessalinização de água do mar para abastecer a Região Metropolitana de Fortaleza, que se encontra em fase de elaboração de estudos. A planta deve começar a operar em 2020, oferecendo uma demanda de água de 1 mil litros cúbicos por segundo, o que representa 12% da demanda atual do abastecimento na capital e RMF.

Já o Centro de Pesquisa de Reúso da Companhia, localizado em Aquiraz, Região Metropolitana de Fortaleza, atua com foco no desenvolvimento de melhorias, no treinamento, internalização e difusão de tecnologias relacionadas à reutilização da água proveniente do tratamento de esgoto. O objetivo é conscientizar, orientar e empregar o reúso, principalmente no que diz respeito à aplicação ambiental.