Página Inicial Institucional Comunicação Notícias Óleo de cozinha causa danos à rede de esgoto

Óleo de cozinha causa danos à rede de esgoto

Criado em Sexta, 04 Janeiro 2013 16:50
Óleo de cozinha causa danos à rede de esgoto Google Imagens

Um litro de óleo contamina mais de 25 mil litros de água. Uma pequena quantidade da substância leva 14 anos para ser absorvido pela natureza.

Após o preparo dos pratos e frituras nos restaurante e nas residências, o óleo de cozinha tem destino certo pela maioria da população: vai direto para os ralos e pias da cozinha.

A prática de despejar óleo na rede de esgoto ocasiona constantes obstruções, provoca a formação de detritos sólidos e incrustação nas paredes da tubulação, aumenta o risco de poluição de cursos de água. O produto se espalha pela superfície de rios e represas, formando uma camada fina sobre a água, contaminando a água e prejudicando a alimentação de animais aquáticos.

A substância causa sérios danos ao meio ambiente, pois uma pequena quantidade leva 14 anos para ser absorvido pela natureza. Além disso, um litro de óleo contamina mais de 25 mil litros de água.

No período chuvoso este problema se agrava. O óleo de cozinha, em forma de gordura, incrustado nas paredes da tubulação, dificulta a passagem das águas pluviais, que passam indevidamente pela rede de esgoto e podem causar extravasamentos.

Reciclar é a maneira mais adequada de descartar o óleo de cozinha, basta levá-lo ao posto de coleta para que ele seja reutilizado de maneira sustentável e correta. Com ele pode ser produzido sabão em barra, detergente, glicerina e ração de animais e biodiesel.

A Cagece realiza estudos para o aproveitamento de óleo de cozinha como matéria-prima para a geração de biocombustível alternativo. Além de diminuir os problemas na rede de esgoto, a ação resolve problemas ambientais e gera renda a famílias cearenses.

Ler 4233 vezes Última modificação em Quinta, 24 Janeiro 2013 10:06