Página Inicial Institucional Comunicação Notícias Praça João Paulo VI é reformada a pedido da população

Praça João Paulo VI é reformada a pedido da população

Criado em Quinta, 23 Setembro 2010 10:50
A Cagece está reformando a Praça Paulo VI, situada na Avenida Borges de Melo, no Montese.

A Cagece está reformando a Praça PauloVI, situada na Avenida Borges de Melo, no Montese. A idéia étransformar o local em espaço de sociabilidade, beneficiando acomunidade do entorno. A obra representa um investimento de R$75.845,37, com recursos próprios. Serão construídas uma quadra de voleie outra de futebol de salão. Também serão instalados brinquedos para ascrianças, como gangorra e escorregador. A obra consta também da pinturado local e de paisagismo.

A Praça Paulo VI possui doisreservatórios da Cagece, sendo um semi-enterrado e outro elevado. Oprimeiro tem capacidade para armazenar 20 mil metros cúbicos e osegundo, para 1.800 metros cúbicos. A iniciativa de reforma da praçasurgiu de um acordo com a Prefeitura, que é a responsável pelamanutenção do espaço público. Além disso, era um pedido antigo dapopulação que mora no bairro e dos estudantes que frequentam a escolaem frente à praça.

Existem, em Fortaleza, outros doisespaços semelhantes onde ficam situados reservatórios e que são tambémlocais públicos. Uma curiosidade é que estes reservatórios têm em média35 anos de existência. Em todos, a Cagece mantém os reservatóriosdeixando a cargo de outros a manutenção das praças. Um deles é a Praçada Imprensa, situada na Avenida Desembargador Moreira e mantida por umaempresa particular. Embaixo dela, há um reservatório onde cabem 30 milmetros cúbicos de água. Também há um reservatório elevado para 1.500metros cúbicos.

Outra praça é a Clovis Bevilácqua, em frente à Faculdade de Direitoda Universidade Federal do Ceará (UFC). Esta é mantida pelaMunicipalidade. Abaixo da terra há um reservatório com capacidade para40 mil metros cúbicos. Próximo ao local, na Rua Antônio Pompeu, existemtrês reservatórios, sendo que apenas um está ativo, mas nenhum emespaço público.

Ler 2189 vezes