Página Inicial Institucional Comunicação Notícias Lojas de Atendimento são decoradas com materiais recicláveis

Lojas de Atendimento são decoradas com materiais recicláveis

Criado em Quinta, 06 Novembro 2014 00:00
Decoração natalina com reciclagem. Decoração natalina com reciclagem. Foto: Ascor

As lojas de atendimento da Cagece estão com enfeites natalinos, confeccionados em material reciclado.

Com a aproximação do final do ano as datas mais esperadas são Natal e Réveillon. O espírito natalino toma conta da cidade, através da decoração que é feita com muita dedicação e esforço. Árvores de Natal, guirlandas, bolas de Natal, esses e outros itens compõem a lista de enfeites para os últimos meses do ano.

Na Cagece não é diferente, o investimento em enfeites e decoração foi alto, mas custou barato. Com a ajuda da equipe do projeto Reciclocidades, ficou muito mais fácil conseguir uma decoração para as Lojas de Atendimento da Companhia, de uma forma autêntica, bonita e barata. Ao invés de buscar no mercado enfeites já prontos, a Companhia contratou artesãs, que estão sendo capacitadas através do projeto, para a confecção de tudo o que foi necessário para a decoração de Natal. Para confeccionar os enfeites, foram utilizados materiais reciclados como garrafas pet, retalhos de tecidos e jornais. 

A ação, coordenada pela Gerência de Interação Social da Cagece, tem como objetivo transmitir o respeito ao meio ambiente, incentivar práticas sustentáveis e proporcionar às comunidades envolvidas no Reciclocidades a oportunidade de geração de renda neste período.

As Lojas que já estão com sua decoração completa, receberam muitos elogios dos clientes e dos próprios colaboradores.

Conhecendo o Projeto

         O Reciclocidades teve início em 2009, coordenado pela Gerência de Responsabilidade e Interação Social da Cagece. Ele tem como objetivo a sustentabilidade, e sua principal ação é utilizar materiais reciclados como matéria-prima para a criação de artefatos reciclados. Os materiais utilizados são de diversas naturezas, tais como jornais, garrafas-pet, retalhos de tecido, revistas, embalagens tetrapak, entre outros.

         O projeto fica por um determinado período em uma comunidade, onde são ministradas oficinas para aprender a reutilizar aqueles materiais e palestras que desenvolvem a qualificação necessária para a comercialização dos produtos. Desta forma são criados grupos produtivos que ganham independência da Cagece aos poucos. Além de gerar renda para quem participa, estimula a comunidade a ter atitudes sustentáveis, como o descarte correto do lixo e o uso apropriado da rede de esgoto.

Ler 1139 vezes