Página Inicial Institucional Comunicação Notícias Cagece retira vazamento nesta quinta-feira

Cagece retira vazamento nesta quinta-feira

Criado em Terça, 16 Setembro 2014 00:00

A Cagece informa que será necessário suspender o abastecimento realizado por uma das adutoras que sai da Estação de Tratamento do Gavião. Com isso, em alguns bairros de Maracanaú e três bairros de Pacatuba, o abastecimento será suspenso. Em Fortaleza, poderá acontecer baixa pressão nos bairros da zona Sul e Norte. O serviço iniciará a partir das 8 horas, do dia 18 de setembro (quinta-feira), com previsão de retorno do bombeamento às 18 horas do mesmo dia. O objetivo da intervenção é executar a retirada de um vazamento, garantindo a continuidade do fornecimento de água.

Durante os procedimentos, serão afetados os bairros relacionados a seguir. A Companhia esclarece que a distribuição de água voltará gradativamente após o início do bombeamento de água para a Estação de Tratamento. O abastecimento chegará primeiramente nas áreas mais centrais, até alcançar o completo equilíbrio do sistema, que poderá ocorrer em até 72 horas, nos bairros situados em áreas mais elevadas.

Para diminuir ao máximo os transtornos à população, antes do período de suspensão, a Cagece orienta aos clientes que reservem água para seu consumo e usem a água para atividades essenciais, privilegiando o consumo humano.

Para mais esclarecimentos, solicitamos entrar em contato pelo teleatendimento 0800.2750195 (24 horas).

 

Estará suspenso o abastecimento em Maracanaú nos seguintes bairros: Centro Maracanaú, Conjunto Industrial, Novo Maracanaú, Vila das Flores, Luzardo Viana, Maracananzinho, Timbó, Jereissati I, II, Distrito Industrial, DIF III, DI 2000 Conjunto Industrial, Colônia Antônio Justa, Olho d'Água, Alto Alegre I e Alto Alegre II, Horto, Alto da Mangueira, Pajuçara, Piratininga, Santo Sátiro, Novo Oriente, Vila Buriti, Acaracuzinho, Cidade Nova, Jardim Bandeirantes.

Estará suspenso o abastecimento em Pacatuba nos seguintes bairros: Timbó Velho, Jereissati III e Planalto Benjamim.

Ler 2863 vezes