Página Inicial Institucional Comunicação Notícias Autoridades indianas conhecem gestão do saneamento rural

Autoridades indianas conhecem gestão do saneamento rural

Criado em Terça, 11 Fevereiro 2014 06:14

Comitiva indiana visita, do 11 ao dia 13, o Sistema Integrado de Saneamento Rural (Sisar), implantado pela Cagece no Interior.

 

A Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) receberá nesta semana, entre os dias 11 e 13, a visita de uma comitiva indiana. O grupo de autoridades do país, tem como objetivo de sua visita, conhecer o modelo de Sistema Integrado de Saneamento Rural (Sisar), implantado pela Cagece, em suas unidades do interior. O Banco Mundial (The World Bank), que apoiou este sistema de saneamento na Companhia, é o responsável por trazer a missão à Fortaleza.

Para o primeiro dia (11), estão previstas apresentações na sede da Cagece sobre o modelo de Gestão do Sisar, além da apresentação do panorama e regulação dos serviços de saneamento do Estado. Ao final do dia 11, a delegação se deslocará para a região de Sobral, onde visitará, no dia 12, as localidades de Campo Novo e Trapiá (município de Forquilha), onde o Sisar atua.

As autoridades indianas conhecerão o açude Arrebita que abastece as duas localidades, através da Estação de Tratamento de Água (ETA), que utiliza a tecnologia de filtração direta ascendente. Na localidade de Campo Novo são atendidas 317 ligações. Também são beneficiadas cinco comunidades em Trapiá que contabiliza 466 ligações.

No último dia 13, a missão se desloca para Itapipoca, onde conhecerá o funcionamento do Sisar nessa região, acompanhada pelos representantes da Cagece.

O Sisar é um modelo de gestão em saneamento rural, iniciado no Ceará em 1996. A Cagece, acreditando no sucesso deste modelo, investiu na sua replicação em todo o Estado. Hoje, o estado do Ceará conta com oito Sisar´s, localizados estrategicamente em diferentes bacias hidrográficas. O objetivo do Sisar é realizar, junto às comunidades, a manutenção técnica e o gerenciamento dos sistemas implantados.

O diferencial do Sisar está no fato dos usuários serem ao mesmo tempo beneficiários do serviço de abastecimento de água e também responsáveis pela gestão do sistema, através da representação da associação local no Sisar. Com isso, o Estado e o Município podem expandir os serviços públicos de abastecimento de água na zona rural obtendo melhoria da saúde, reduzindo as migrações das áreas rurais, propiciando infra-estrutura para o desenvolvimento do interior pela melhoria das condições de vida da população e fortalecendo a comunidade local.

Ler 1297 vezes Última modificação em Terça, 11 Fevereiro 2014 09:32